Trip das Serras

Em algum lugar de Minas GeraisEm abril deste ano (2016), eu e minha esposa Katia partimos para uma viagem de moto de cerca de 5 mil quilômetros de Brasília à Santa Catarina. O objetivo principal era percorrer o máximo possível de estradas sinuosas até chegarmos à famosa Serra do Rio do Rastro.

Saímos de Brasília no dia 23/04 com destino à Vargem Bonita, uma pequena cidade de Minas Gerais ao pé da Serra da Canastra, nossa primeira parada. Foram 826km em uma única tocada, um grande erro! Eu já estou acostumado em percorrer grandes distâncias de moto, faço isso sempre que a estrada não oferece grandes atrativos ou ao final das viagens, quando já estou doido pra voltar pra casa. Mas submeter a Katia a isso foi uma péssima ideia, foi muito desgastante pra ela e totalmente desnecessário, poderíamos muito bem ter divido o trecho em 2 dias. Fica a lição.

Quando estávamos chegando à Vargem Bonita, no final do dia, aconteceu alguma coisa com na moto que o pedal do câmbio simplesmente parou de funcionar, eu não conseguia mais trocar de marcha. Estávamos passando por um pequeno vilarejo, fiz a volta e encostei a moto para ver o que tinha acontecido. Dias antes da viagem tinha levado a moto para um reparo no câmbio na concessionária Triumph de Brasília e o mecânico não apertou como deveria o parafuso que fixa o pedal ao eixo do câmbio. Resultado: o parafuso havia caído. Muito obrigado, querido mecânico!

Enquanto pensava em uma solução, Katia atravessou a rua e foi falar com uns moradores que estavam sentados na calçada. Alguns minutos depois e retorna acompanhada por um dos moradores, ele tinha uma moto de trilha, viu qual parafuso estava faltando, foi até em casa e voltou com um idêntico ao que eu precisava!!!! Nada de gambiarras, até hoje estou com o mesmo parafuso. Viva a solidariedade dos motociclistas.

Pegamos estrada de novo e, em pouco mais de uma hora estávamos na pousada.

O roteiro:

Publicado em

3 Comentários


  1. So viagem top, estou louco para por o pé, ops, a moto na estrada..
    Parabéns pelas viagens

    Responder

  2. Paulo,
    Sensacional suas viagens, quando as vejo em detalhes me sinto viajado, afinal já que não tenho mais coragem de ser “motocante”.

    Responder

  3. Paulo e kátia, foi e sempre será um prazer recebe-los. Estaremos sempre à disposição para quando quiserem voltar. Agradecemos os comentários e a divulgação da pousada.
    Até a próxima.
    Att Diovanna

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *